15 de dezembro de 2017

Solstício de Verão

Em sintonia ao Solstício de Verão, época de homenagear Áine e saudar Manannán, além de saldar o pagamento de usufruto dos seus préstimos.



Saudação a Áine

Áine, Senhora da luz solar
Que brilha no amanhecer do verão
Iluminai os campos floridos
Desta nova estação

Áine, Rainha das fadas
Que caminha no Outro Mundo
A terra da Eterna Juventude
Consagrai os poderes do submundo

Áine, Deusa do amor
Que une os corações apaixonados,
Harmonizando todos os seres,
Por sua graça possamos ser abençoados.

Bênçãos do Céu, da Terra e do Mar!

Rowena Arnehoy Seneween ®
Extraído do Livro Brumas do Tempo
Todos os direitos reservados.


29 de outubro de 2017

Atividades de Beltane

A purificação entre os dois fogos sagrados, as bênçãos da água com gotas de orvalho, as flores amarelas para dar sorte, a Cruz de Rowan para proteção e o Bannock com manteiga para fartura. Sugestões de atividades para celebrar o Festival de Beltaine... Fáilte!



Bênçãos do Céu, da Terra e do Mar!

Rowena Arnehoy Seneween ®


13 de outubro de 2017

Chamando os Deuses de Ériu

Anu, A Mãe dos Deuses, Governante do Outro Mundo;
Dagda, Pai de Todos, Senhor do Caldeirão e do Grande Conhecimento;
Dian Cécht, O Portador da Saúde, Grande Cáinte;
Morrígu, A Esposa Bravia do Reino do Céu;
Lugh, Comandante Nobilíssimo, Mestre em Muitas Artes;
Ogma, O Eloquente de Honra Brilhante e da Escrita Sagrada;
Nechtan, O Senhor da Fonte das Aveleiras e do Monte Encantado;
Brigit, Mulher Sábia, Curandeira, Ferreira e Adorada por Todos;
Manannán, Senhor das Brumas e dos Encantamentos: Abra o vosso portal.
Vinde pelo rio, ó Seres Brilhantes, este lugar está pronto para vós.
Cruzando as fronteiras... Concedei-me as vossas bençãos!

(Adaptação da tradução de Bellouesus Isarnos: Anthologia Gallica)

E pelas brumas do tempo... A alma flui rumo à verdadeira essência!


Eis que surge uma nova inspiração repleta de dedicação e devoção para um novo livro... Bênçãos do Céu, da Terra e do Mar!

Rowena Arnehoy Seneween ®


1 de agosto de 2017

Sláinte Brighid

Brighid do manto sagrado, rodeai-nos,
Senhora dos Cordeiros, protegei-nos,
Defensora da Lareira, iluminai-nos,
E restitui-nos a memória

Mãe de nossas mães,
Antepassadas corajosas,
Fazei-nos lembrar
Como acender a lareira

Mantê-la viva
Para preservar a chama,
Para acender a luz,
Tanto de dia como de noite

Vossas mãos sobre as nossas,
Nossas mãos nas vossas,
Do amanhecer ao anoitecer,
Do anoitecer ao amanhecer

O manto de Brighid em torno de nós,
A lembrança de Brighid dentro de nós,
A proteção de Brighid fora de nós,
Livrando do mal, da ignorância e da crueldade

Que assim seja! /|\

Adaptação do livro Anam Cara de Jonh O’Donohue
E autoria de Caitlín Matthews.



Feliz Imbolc a todos!

Rowena Arnehoy Seneween ®


23 de maio de 2017

Fidnemed an Síd

O projeto semente Fidnemed an Síd está ligado ao grupo Caer Siddi e é voltado àqueles que já possuem uma noção básica da Cultura Céltica, Druidismo e Reconstrucionismo Celta. Nosso propósito é vivenciar a espiritualidade celta como crença viva, que inspira e conecta o homem aos Deuses, à natureza e à ancestralidade. Praticando o Druidismo através de meditações, estudos dos mitos celtas e da magia natural.

Ressaltando que Fidnemed an Síd, em gaélico, significa “Bosque Sagrado do Outro Mundo”. Uma inspiração que veio do livro Os Celtas de T. G. E. Powell (pág. 144), sendo que Fidnemed deriva de Nemeton.

As Nove Virtudes: Na Vida busque a Verdade, a Honra e a Justiça. No Caminho seja Forte, Leal e Corajoso e na Jornada cultive a Generosidade, a Hospitalidade e a Perseverança. Que assim seja!



Bênçãos do Céu, da Terra e do Mar!

Rowena Arnehoy Seneween ®